Archive for 01/02/16 - 01/03/16

Momento "Leia um mangá junto com o KaS" #30 - O doujin que me fez ver Love Live!

Yurikos e yuri danshis!
Sim, você está lendo certo. Love Live finalmente está invadindo (de vez) o Kono - ai - Setsu!

Mas o que é Love Live, você novato em infos yuris me pergunta. Então, para os perdidinhos que estão aqui para aprender, vai um resuminho:

Love Live conta a história de Honoka Kousaka e seu caminho para tornar seu sonho de se tornar uma school idol realidade. A garota e mais 8 amigas (as quais então para seu grupo com relação aos episódios) estão tentando ganhar fama para tentar impedir o fechamento de sua escola devido à falta de alunas inscritas. Será que elas conseguirão impedir a escola de fechar e ao mesmo tempo crescer como grupo de school idols? (mais informações clicando aqui)

Pois bem, faz tempos que a Se-chan aqui estava querendo trazer LL para o blog, mas eu não sabia como. Se eu fizesse uma análise do anime ou fandom, ficaria gigante e eu não terminaria nunca (é sério.... estou morta e enterrada dentro do fandom). Então o que me veio em mente foi "Mas como que vou explicar para uma pessoa como é estar no fandom de Love Live? Eu antes não tinha tanta ideia do que era.".

E aí que eu tive a ideia! Vou mostrá-los o por quê de esta criatura a qual lhes escreve está dentro desse mundo yuri de Love Live. Primeiramente, gostaria de salientar que reconhecia algumas personagens da série pela enorme quantidade de imagens que via no Tumblr do KaS (melhor rede social para conhecer novos fandoms!), principalmente do casal Nico e Maki. Portanto, quando vi um doujin (espécie de HQ feita por fãs, mais infos clicando aqui) delas, com um traço muito bonito, eu resolvi ler. E foi paixão a primeira vista! Depois disto, vi a série inteira em cerca de 1 semana (as duas temporadas + filme). Para terminar, me enfiei no jogo da série estilo de ritmo para smatphones (demonstração de pessoa não-muito-humana no jogo aqui.).

Portanto, depois desta introdução, vou contar como é esse lindo doujin que me levou até o inferno idol!

Fall
de Karuha

O doujinshi começa com Maki acordando, olhando sua lista de tarefas do dia e vendo que tem um jantar com Nico. Obviamente se vê que o doujin se passa depois de alguns anos, já que Maki está morando sozinha. Logo em seguida já há uma passagem de tempo para o encontro das duas, onde Nico comenta que as habilidades da ruiva na cozinha melhoraram.

A mais velha (Nico, a de cabelos escuros, para quem não sabe) relembra a época onde a outra não conseguia nem fazer ovos corretamente, e depois tira uma foto da refeição. A mesma pergunta se pode publicar online a imagem, e a outra diz que sim, já que ela não está na foto. Também comenta que a outra deve observar se não irá aparecer nada suspeito na imagem.

A de cabelos escuros diz que a outra não está na foto, mas que se estivesse, não teria problema, pois "nesse caso", ser uma garota é conveniente. "Jantando com uma a-m-i-g-a". (LOL, AMEI) O modo como as duas interagem nessa cena é muito boa e demonstra muito como ambas estão acostumadas já com estas "preocupações" e com o relacionamento delas.

Após o jantar, as duas tomam um chá que Umi deu para Maki, que a mesma comenta que é muito fino. Elas continuam essas conversas bem cotidianas, onde a ruiva comenta que está diminuindo a cafeína diária, por estar com alguns problemas estomacais. A outra fica preocupada, mas Maki reafirma que não é nada demais. Nico começa então a fazer um leve interrogatório, comentando que sua namora está com olheiras e pergunta se a mesma tem dormido adequadamente, além de relembrar um incidente onde achou Maki desmaiada em casa (mesmo sendo uma médica).
A outra garota diz para não subestimar seus conhecimentos médicos, e desconversa, perguntando se a outra está bem depois dos rumores que surgiram. Nico fica um pouco braba, respondendo que não havia nada, e que sua agencia (Nico é uma idol profissional agora) já havia desmentido o caso. A outra fica rindo, já que não tinha nenhuma dúvida quanto à isto, mas que as pessoas realmente gostavam deste tipo de rumor, então ele se espalhou realmente rápido.

Depois, as duas vão comer um pudim (meninas, como vocês comem!!). A cena corta para Maki lavando a louça, enquanto a outra acha uma revista recém lançada onde ela aparece. Nico fala que a garota devia pedi-la uma cópia, em vez de comprar por si mesma, mas a outra diz que "não seria justo", e comenta que a de cabelos escuros havia ido bem na entrevista. Após Nico comentar que a ruiva tinha uma estranha virtude quanto à essas coisas (como nunca pedir essas revistas para a garota), e a outra apenas responde que é porque ela já tem Nico toda para ela em particular (UUIIII). A outra, depois de um momento sério, brinca falando que dará então um autógrafo na revista.

Depois disto, Nico toma banho, e quando volta vê sua amada dormindo sob mesa de centro da sala, enquanto lia algo do trabalho. Ela tapa a garota com um cobertor e começa a escutar música, até que a outra acorda. Nico fala para ela ir tomar banho, já que estava desperta.

Após ver que a outra esqueceu a toalha, ela pega a mesma para alcançá-la e passa pelo mesmo quadro de tarefas de Maki, onde relembra uma antiga briga das duas pela mudança de horário de uma delas. Ela começa a lembrar como ambas mudaram. Maki adquiriu um novo gosto para roupas, ela havia começado a prender seus cabelos mais para baixo. Ambas haviam mudado, mas elas juntas continuava intocável (AWWNN).


Após o banho de Maki, a mesma vai "importunar" a mais velha enquanto está fazendo um leite quente para elas dormirem tranquilas. Elas ficam ali, juntas, preparando, e Maki falando como ela tenta fazê-lo, mas nunca consegue fazer tão bom quanto ao da amada. A outra brinca, falando que talvez Maki não coloque tanto amor nele.

Nico pergunta novamente a garota se ela tem dormido adequadamente, pois ela adquiriu muitas olheiras e que mesmo ela tentando disfarçar com maquiagem, ela conseguia perceber. A outra diz que apenas está um pouco ocupada nos últimos tempos, já que há muito o que estudar depois de que há um novo medicamento para ela saber onde utilizar adequadamente. Mesmo assim, a garota diz que está tudo bem, pois Nico está sempre ali para animá-la. Sendo na TV, em alguma novela (drama), ou se apresentando.
Após isto, Nico percebe que Maki está com sono e elas vão até a cama. A ruiva, já deitada com a garota, começa a falar, dizendo que está preocupada que Nico fique cansada de fazer isto (ir a sua casa), já que trabalha tanto. Que mesmo que elas tenham compartilhado palcos, elas não poderiam terminar ficando todo o tempo juntas.

Nico apenas responde que sabe que Maki esteve repetidamente recusando propostas de casamento, e a outra fica alterada. A mais velha diz que está tudo bem, e que ela não estava pensando em se separar da outra e pergunta o que a outra está pensando. Maki apenas diz que estavam muito próximas (pfff), e a outra pergunta se é apenas isto.
Depois de um beijo, Nico diz que para as coisas que para as coisas que elas quer por perto, ela vai fazer de tudo para não deixar essas coisas irem embora, por isto ela irá ficar bem, e que Maki não precisa se preocupar com isto. Ela fala que quer brigar mais com Maki, pois é quando as duas ficam mais próximas. Depois disto, fica tentando olhar para Maki brincando, pois a outra está tapando seu rosto (chorando). Em pensamento, Maki diz que não é fácil para ela expressar seus sentimentos corretamente (nós sabemos Maki-chaaann~~), mas que Nico a deixa seguir esta felicidade. (OWWNN~~) Nico diz que ela nunca irá deixar a outra ir embora, e Maki responde que é melhor que não.

E pergunta se ela quer morar junto.


Sim, assim que termina o doujin. Eu sei que ele não fala muita coisa, não mostra nada demais, mas por algum motivo, ele me cativou. Essa delicadeza nos sentimentos, a pureza e simplicidade quanto à demonstração de convivência e de comodidade das duas. Ao mesmo tempo, mostrando as pequenas inquietações das garotas. Além do traço maravilhoso, que demonstra tudo isso profundamente. Os olhos vívidos, as expressões. A técnica nas retículas é impressionante para alguém "não profissional". Sim, eu sei que muita gente que faz doujins no Japão são muito bons, mas Karuha desde este trabalho me deixa de boca caída. É maravilhoso!

Depois de ler este trabalho, vi a série e tudo mais, além de ler muitos doujins (praticamente todos Nico-Maki possíveis, além dos Nozomi-Eri), mas nenhum outro autor me deixou tão encantada quanto este. Karuha tem mais alguns trabalhos Nico-Maki (leia aqui em inglês), e estou esperando por mais, pois simplesmente se tornou um dos meus preferidos desse "submundo" de doujins. Se você ainda não leu os trabalhos dessa incrível pessoa, por favor, o faça. Terá alguns minutos de muito prazer.

Mostre sua opinião para a equipe do Kono-ai-Setsu a partir de nossas redes sociais, ou nos comentários abaixo. E não se esqueça de nos dar uma mãozinha na divulgação, se achar nossas postagens interessantes, ok? (^.~)

Até logo! o/

Entre em contato por:

[Notícia] Bloom into you é licenciado na América do Norte

Olá yurikos e yuri danshis!

A novidade no Brasil em pleno dia dos namorados (Valentine's Day, 14 de janeiro) era que o shoujo queridinho, fofo e maravilhoso Ore Monogatari será publicado no país pela Editora Panini (mais informações clicando aqui). Porém, como os Estados Unidos estão em outro nível de lançamentos, a novidade por lá foi dada pela queridinha do público yuri, a Editora Seven Seas:


Sim, o dia dos namorados americano foi muito mais lésbico, lindinho e animado. Bloom into you ('Florescer em você', tradução livre), também conhecido como 'Eventually, I will become yours' ou pelo título original 'Yagate kimi ni naru', já teve uma análise inicial no KaS (leia aqui) e é um dos mangás yuris mais populares atualmente no Japão.

A história gira em torno de Yuu, garota comum que entrou para o ensino médio, mas que ainda tem que responder uma declaração de amor que recebeu de um amigo em sua formatura do fundamental. A garota tem medo de recusar o menino e estragar sua relação com ele. Porém, com a ajuda de Nanami, veterana responsável, confiável e que faz parte do conselho estudantil, Yuu consegue responder adequadamente o menino. Ela somente não esperava que fosse receber uma declaração de amor logo após desligar o celular onde estava respondendo o garoto. Nanami havia criado sentimentos por Yuu. E agora, a garota irá negar os sentimentos de Nanami também?

Com esta premissa fofa e interessante, além de mostrar o lado de quem recebe a declaração, e não de quem está amando, Bloom into you chamou a atenção de muita gente. E a Seven Seas não é de deixar as pessoas aguardando pelos mangás yuris, até por que a mesma já levou para à América do Norte (EUA e Canadá) mangás como Citrus, Netsuzou Trap e Girl Friends.
O mangá foi anunciado com muita antecedência (como é de costume por lá), então será lançado apenas em 2017. O custo do mesmo será de $ 12,99 nos Estados Unidos e $ 14,99 no Canadá. Agora somente nos resta, mais uma vez, esperar para ver se alguém no Brasil tem uma boa alma e nos traga esta obra linda. Enquanto isto, podemos ler Bloom into you em português pelo AION, parceirão da vida yuri!

Mostre sua opinião para a equipe do Kono-ai-Setsu a partir de nossas redes sociais, ou nos comentários abaixo. E não se esqueça de nos dar uma mãozinha na divulgação, se achar nossas postagens interessantes, ok? (^.~)

Até logo! o/

Entre em contato por:

[Assistindo] Transit Girls - Episódio 05 (Dorama)

Olá yurikos e yuri danshis!

Depois de alguns dias, trago novamente Transit Girls, aquele dorama que quase parece Citrus, mas sem a parte super sexy e trocando por fofuras~~

Só para lembrar, a querida equipe do AION está disponibilizando ele legendado! Queria agradecê-los pelo esforço! Eu vi o dorama totalmente sem legendas, então não entendi metade das coisas. Portanto, a postagem de hoje são as minhas impressões depois de ver com a legenda desse fansub lindo! (\o/)

Pois vamos ver o que está acontecendo nesse dorama!


Transit Girls

Episódio 05
Começamos o episódio depois do acontecimento anterior, onde as duas protagonistas se beijaram. Vemos Sayuri indo até o quarto de Yui, e perguntando se pode ficar um tempo no quarto. A outra aceita com um sorriso. Ela fica observando as fotos, enquanto a mais velha explica que o tema atual de suas fotos é "Preces" (reza, ou qualquer outro sinônimo). Elas começam a falar do início da carreira de Yui, do por quê dela ter largado a faculdade e vemos Sayuri confusa, pois não sabe o que irá cursar.

Quando vai para a escola no dia seguinte, Nao percebe algo diferente quando a convida para ir ao parque, debochando dizendo que "até parece que ela teria planos". Ela apenas solta um sorrizinho (HHMM). Depois disso, Nao está jogando basquete sozinho, ele acaba ficando sozinho com Mirai (sim, a garota que gosta dele). Depois dele continuar jogando e a garota o observar, eles começam a conversar e a garota se declara. Ele agradece, mas explica que já gosta de alguém há algum tempo.
Após isto, Sayuri está em casa a noite, e avisa para Yui que os pais irão jantar fora. A outra a convida para tomar banho junto dela (cara, não entendo japoneses...), que aceita. Enquanto elas estão no banho, Sayuri se pergunta se elas ficarem juntas está certo, já que são "irmãs" (irmãs nada...). E além disso, ela se pergunta, "Como será que funciona para duas garotas?" (ISSO É SÉRIO?!). Também pergunta se a outra já teve "relações" com homens, e a outra confirma. Sayuri também pergunta se a outra sabe como "funciona" para duas mulheres, e a outra diz que também não sabe (Alguém precisa dar uma aulinha de educação sexual para elas....). Agora Yui pergunta algo muito mais lógico: "Tem problema ser sua primeira?". A outra apenas responde que não se importa (PELO MENOS UMA RESPONDE ALGO CERTO!).

No dia seguinte, Nao pergunta se Sayuri não quer visitar o túmulo de sua mãe, dizendo que era uma "visita de preparação" (para uma declaração?). Depois de limparem o túmulo, eles "falam" com a mãe de Sayuri (sabe, aquelas preces e tals, bonitinho). Quando descansam, começam a falar de Mirai, e Nao diz que a garota se confessou e explica que não haverá nada entre eles. O garoto fica mais sério, e após um silêncio, ele diz que vai para a casa de Sayuri (vish, será que ele quer pedir permissão para o pai dela?!).

Quando chegam na casa, Sayuri diz que irá limpar seu quarto por que está muito bagunçado. Nao então vai até a cozinha e encontra Yui. A garota disse que queria ter ido com eles ao cemitério, mas o garoto enfatizou que desejava mesmo ir sozinho com Sayuri, pois tinha feito uma promessa a senhora antes dela morrer. Antes de poder dizer qual a promessa, foi interrompido por Sayuri, que chegou na cozinha (Vishe!). A garota sentiu o climão que rolou entre os dois.
Os dois vão ao quarto de Sayuri e o garoto diz que a promessa que fez à mãe da garota era que cuidasse dela. E, por este motivo, queria ir ao cemitério para pedir autorização para confiar a menina à ele (What?! Ela é "sua" agora?). Ele pede a garota em namoro, e assim termina o episódio.


A primeira cena deixou muito claro que a interação entre as protagonistas mudou completamente. Yui consegue se soltar, falar mais do que gosta e Sayuri agora consegue compreendê-la e ainda pode ter assim um exemplo de alguém que pôde largar tudo para fazer o que desejava, fotografar. Além disso, o momento que Yui tira a foto de Sayuri é muito bonito e simbólico, pois mostra finalmente a mais velha pedindo para tirar uma foto da mais nova. Muito bonito o momento.

Eu fiquei realmente com pena da Mirai, por que perdeu o cara para a menina que nem liga pra ele. Coitada, a cena foi bem sentimental, a atriz convenceu no momento. Adorei. Bem que o Nao podia ter caído na real e já ficado com ela, não?
Sério, como assim?! Fiquei muito indignada com a Sayuri na cena do banho. Como diabos ela não sabe "como funciona" para duas garotas?! Cê num aprendeu com a Akko-chan de Girl Friends que pesquisou na internet?! Que dificuldade... (XD) Essas meninas tem problema, eu não aguento. Quase surtei com essa falta de noção. Deve ter sido muito ruim, pra não saber nada...... (XD)

É meio difícil a situação. Eu gosto do Nao, mas ele parece ser meio "rígido" demais. Ele parece achar que precisa "proteger" Sayuri, o que acho meio idiota, já que eles tem a mesma idade e a garota sabe se cuidar tanto quanto ele. Apesar disso, acho ele um menino ótimo. Por isso, torço para que ele consiga gostar da Mirai, depois de levar um (possível) fora da Sayuri.

O que acham? Sayuri vai ficar abalada com a confissão? Vai escolher se esconder à ficar com a pessoa que gosta? Será? Será?! Agora precisamos esperar mais um pouquinho para saber!
É uma pena que essa confusão venha bem quando a Sayuri está se dando bem com Yui. Fazer o que né? Uma série de só 8 episódios tem que ter vários fatos diferentes para render.

Mostre sua opinião para a equipe do Kono-ai-Setsu a partir de nossas redes sociais, ou nos comentários abaixo. E não se esqueça de nos dar uma mãozinha na divulgação, se achar nossas postagens interessantes, ok? (^.~)

Até logo! o/

Entre em contato por:

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016
Posted by Se-chan

[Assistindo] Transit Girls - Episódio 04 (Dorama)

Olá yurikos e yuri danshis!

A Se-chan se atrasou um pouco nessas análises de dorama, mas está de volta para contar tudinho que aconteceu em Transit Girls, um dorama bem legal que estava passando no Japão há pouco tempo.

Só para lembrar, a querida equipe do AION está disponibilizando ele legendado! Queria agradecê-los pelo esforço! Eu vi o dorama totalmente sem legendas, então não entendi metade das coisas. Portanto, a postagem de hoje são as minhas impressões depois de ver com a legenda desse fansub lindo! (\o/)

Pois vamos ver o que está acontecendo nesse dorama!

Transit Girls
Episódio 04
Depois da reprise básica, e lembrarmos do amiguinho da Sayuri pegando as duas garotas dormindo de mãos dadas (apesar da Sayuri estar doente e a Yui apenas ficar do lado dela), vêmos Sayuri cozinhando meio aérea (seja lá o que fosse aquilo..). Enquanto está em direção a saída ela encontra Yui, e ela tenda evitá-la. E pior ainda, a mãe de Yui a pergunta se há algo acontecendo entre ela e Sayuri, por que ela a cuidou quando estava doente, mas que acabou que elas ainda não agem como "irmãs" (climão...).

Sayuri fica fora da escola e Yui vai ao seu quarto a noite e ela não está lá. Ela está na casa de Nao. Yui tenta ligar para seu celular, mas ela não percebe que tocou. Eles ficam conversando, até que o garoto começa a falar de Yui, que não a entende e pergunta como ela é. Sayuri diz que ela tem vezes que é gentil, e que a entende, em coisas como sua mãe. Mas que tem outras que não entende nem um pouco, soltando algo como "Ela não parece mesmo uma irmã mais velha".

Enquanto isto, Yui está procurando por Sayuri na rua, não a encontra e começa a ficar apavorada. Ela toca a campaínha de Nao, e ele a diz que está ali. Fica aliviada, e tenta evitar que ele achasse que ela estava daquele jeito por causa da garota. Depois de Nao voltar para o quarto onde Sayuri está, ela pergunta se ele já beijou. E ela quase entrega que já havia beijado. Ele começa a dar uma investida de tentar beijar ela, mas a garota escapa. Depois disso, corta para uma cena com o casal mais velho. Onde a Madoka pergunta se eles não deixaram Sayuri desconfortável e se eles deviam morar juntos tão rapidamente.

Sayuri no dia seguinte vai sair com suas duas amigas, e encontra pantufas que combinam, e acaba dando uma para Yui, enquanto ela fica com a outra. Mesmo com o jeito agressivo tsundere de sempre, Sayuri entrega o presente, e Yui agradece, e a mais nova acaba soltando um sorriso. A mãe de Yui vê os pares de pantufas juntas, e acaba feliz, pois imagina que as garotas finalmente começaram a se dar bem.

Depois da escola, Sayuri dá uma desculpa qualquer e sai embora sem as amigas, dando saltos fofos pela rua. Ela vê o caro do chefe de Yui estacionado, os dois conversando muito próximos e fica braba. Em casa, chega ao quarto de Yui e discute com a garota, perguntando se Saeki é só seu chefe, se não é seu namorado. A outra somente responde que não. 
Após isto, a garota solta todas suas dúvidas, sobre seus sentimentos e tudo o que a outra fez foi confundí-la. E que não conseguia parar de pensar no beijo, que talvez estivesse com ciúmes, que talvez ela não se impotásse em beijá-la. Yui apenas a pergunta se a mais nova também gosta dela, assim como ela, dando mais um beijo na menina. E o melhor? SAYURI ACEITA O BEIJO!!

E assim acaba o episódio!


Na cena que Nao tenta beijá-la fica óbvio que Sayuri só o vê como amigo, a interpretação ficou muito boa. Estou adorando como a atriz entrou no papel, estava realmente receosa com aquele primeiro episódio.

Eu simplesmente não entendo por que a Yui não foi em primeiro lugar na casa do Nao procurar a Sayuri. Ela é retardada ou o que para não perguntar em primeiro lugar para o melhor amigo da garota onde ela estava?! Não faz sentido. É só por que ela não queria acreditar que a outra foi buscar refúgio na casa do "inimigo"?
A cena da entrega das pantufas foi muito fofa, e Sayuri mostrou que seus sentimentos realmente mudaram. As duas começaram ali à finalmente se entender. Aos poucos, imagino que o elo fique perfeito. Mas a Sayuri parece ainda um tanto confusa, mas pelo menos ela falou tudo para Yui no final do episódio, então acho que esta parte confusa vai ficar um pouco para trás, há não ser que as garotas continuem a insistir no ciúmes totalmente sem nexo que tem.

Portanto, acho que foi um episódio fundamental, com um bom desenvolvimento, onde finalmente parece que as personagens vão virar um casal.

Além Godoka!

Mostre sua opinião para a equipe do Kono-ai-Setsu a partir de nossas redes sociais, ou nos comentários abaixo. E não se esqueça de nos dar uma mãozinha na divulgação, se achar nossas postagens interessantes, ok? (^.~)

Até logo! o/

Entre em contato por:

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016
Posted by Se-chan

O mistério da NewPOP Editora quanto aos títulos yuris

Olá yurikos e yuri danshis!

Você já se perguntou por que você um montão de mangás yaois (Boys Love, amor entre garotos) nas bancas, mas nunca viu um yuri (Girls Love, amor entre garotas) explicito? Pois é, a postagem de hoje será talvez esclarecedora e resultado de algumas pesquisas, mas que no fundo serve só para eu dizê-los: aguardem que pode vir em 2016.

Acha que não tem nada haver a diferença dos públicos?

Primeiro, imagino que devemos nos perguntar por que as editoras decidiram que o gênero yaoi era mais viável no Brasil que o yuri. Isso, primeiramente, eu particularmente acho que tem haver com ele ter um grande apelo com o público feminino hétero geral, enquanto o yuri ter um público mais restrito, uma mistura de garotas lésbicas/bis, alguns homens héteros que gostam de ver as meninas juntas, e umas poucas héteros pelo mesmo motivo.

Você pode dizer "Mas as meninas que curtem BL espantam os meninos gays, então não pode ser tão grande assim.". Sim, mas o número de meninas héteros que gostam de yaoi é muito maior do que o de meninas (público geral) que gostam de yuri. Ele é naturalmente maior pelo fato de muitas meninas não gostarem de ver meninas se beijando, mas que gostam de ver meninos fazendo o mesmo. Não há nada o que se fazer quanto a isto, é uma questão de proporção demográfica de mercado.

Há mais gente que gosta de shounen do que de shoujo, que tem mais público do que yaoi, que tem mais público do que o yuri. 

Por curiosidade fiz uma pesquisa rápida no Facebook. Digitando "Yaoi" na pesquisa, achei a página Devaneios de uma fujoshi que tem mais de 18.000 curtidas. Enquanto isto, a página Yuri da Depressão (que eu adoro!), tem pouco mais de 13.000. Certo, então agora finalmente descobrimos que não é tanta diferença quanto eu pensei entre os públicos. Porém, preciso fazer uma questão:

Quantos fãs de yuri você conhece pessoalmente? E de yaoi?

Pois então, eu conheço pessoalmente... a minha esposa (e só!). Enquanto de yaoi já conheci várias durante meus tempos de yuriko de cidade pequena. Então o problema é no quão o público é devoto/preocupado em mostrar seu gosto aos outros?

Falta Iniciativa no Movimento?

Sim, a falta da revolta, dos pedidos para as editoras, de gritar nos eventos "Queremos yuri no Brasil" no meio das palestras das editoras, entre outras coisas. Vocês acham que o yaoi chegou onde está só por que tem muita fujoshi por aí? Bom, sinto dizer, mas tem muita fã de yuri também no Brasil, ok? Só que elas estão escondidinhas em seus armários e confortáveis olhando o Dynasty Scans diariamente. Então o que nos falta é mexer a bunda e ir atrás que nem as maiores representantes do yaoi fizeram em nosso país (aka Tanko do Blyme Yaoi).
Outra coisa que falta no movimento é dizermos o que realmente somos. Para as fãs de yaoi temos o Fujoshi, mas e o yuri? "Fã de yuri" é meio chato de falar, não? Por isso utilizo Yuriko. É bom, e para meninos utilizo Yuri Danshi, em referência ao mangá homônimo que mostra a vida de um garoto shipper de yuri.

Mas será que não estamos mesmo sendo ouvidos? Mesmo depois de colocar Citrus num top de mangás desejados no Brasil? Pois bem, depois da NewPOP Editora ouvir o público yaoi, está começando há ouvir o nosso lado também. Como eu sei disso? Pois desde o evento próprio da NewPOP no ano passado ele tem dado pistas do que está vindo.

E o futuro?

Você pode ter desistido de trazer o yuri, ou nunca acreditou, por que é um público realmente menor do que muitos que há no Brasil, mas felizmente temos uma editora em nosso país que escuta o pessoal de núcleo menor, e essa é a NewPOP Editora. Não, não estou puxando saco por ser mandada. Eu sei que eles trazem muita coisa que nem sonharíamos ver em outras editoras, como os yonkomas Hetalia e Azumanga Daioh (gritei no meio de meu expediente de trabalho quando vi a notícia), Puella Magi Madoka Magica (para os fãs de mahou shoujo com uma pitadinha de yuri), além de trazer Loveless (yaoi) e No Game, No Life (novel).
Já faz uns dois anos que estou esperando a editora anunciar algum yuri, e fiquei realmente muito (MUITO) frustrada quando não o fizeram em seu evento particular no final do ano passado (quem acompanha meu Twitter deve ter visto o surto de raiva). Então, os meses passaram, minha raiva baixou e veio mais um evento de anime fora da minha região. Fiquei de olho no Twitter para ver os comentários do pessoal que estava ao vivo nas palestras, e o que me chamou a atenção foram as equipes do JBox e do JWave colocando alguns tweets interessantes.

Primeiramente é bom ver que a editora está feliz com os resultados do seu investimento no gênero yaoi. Ter mais 10 títulos já licenciados para anunciar é uma notícia maravilhosa. Parabéns aos fãs do gênero! Depois disso, queria enfatizar que, diferente de outras editoras, a NewPOP editora está preocupada com a qualidade de seu material e que não irá, apesar da crise, diminuir a gramatura do papel de seus impressos.

Uma das coisas que me apavora é pensar na possibilidade de vir um mangá yuri por uma editora e quando eu pegá-lo em mãos ver que consigo enxergar claramente o que está do outro lado da página. Não estou falando de exagero, papeis podem ter este fato de ver um pouco o outro lado da página, mas não podemos ficar achando normal a impressão de um lado prejudicar a visão da página atual. E sabemos sim que algumas editoras não estão tomando o cuidado devido com isto. Um ponto a mais para a NewPOP Editora!
Pois é, mas isso tudo que falei até agora não tem nada haver com o yuri, não? Então vamos para as pistas do senhor Junior Fonseca! O engraçadinho, em uma das palestras, soltou um "cadê o yuri?", além de que, no último evento com palestra das editoras, foi dito que a NewPOP Editora já tem 4 mangás yuris licenciados. Ou seja, apenas esperando ser anunciados ao público!
Mas que mangás yuris seriam?

Agora vamos para a parte de especulação.  Não, a Se-chan aqui não faz ideia de quais são os mangás yuris que a NewPOP Editora têm em mãos. Porém, tenho bom senso e também aposto no que eu recomendaria para a editora trazer. Portanto, fiz aqui um top de 4 possíveis materiais que a editora trará, além de dizer o por que de alguns dos grandes sucessos não estarem na minha lista.

1. Akuma no Riddle

Maior aposta, imagino. Não por causa do fandom. Não, não que ele não seja popular, com certeza o é, mas por que a autora já tem um mangá no Brasil e lançado pela própria NewPOP Editora. Estou falando de Loveless. Yun Kouga é uma artista bem popular e ela conseguiu emplacar sucessos tanto no gênero yaoi quanto no yuri.
Outro grande ponto do mangá é que ele contém muita ação, o que irá atrair o grande público. Além de que o anime não saiu há tanto tempo, portanto ele "saltará" aos olhos de quem o olhar na banca. Ele não é o popzão do momento, mas acho que seria um dos que conseguiria melhores vendas no Brasil. Ele pode ser comprido, mas está aparentemente chegando em seu arco final, o que facilitaria para a licença do mesmo.

2. Citrus

Esse pode ser o favorito de muita gente. Além de ser o super sucesso yuri da atualidade, ele foi super bem na enquete do Gyabbo de mangás que queremos ver no Brasil, deixando para trás obras como Nisekoi, Durarara e Prision School. Maior aposta de um autor ainda não lançado no Brasil? Com certeza!

A obra de Saburouta conta com outras vantagens: já está em publicação nos Estados Unidos e há possibilidade de estar próximo de seu término no Japão. Portanto, há uma boa possibilidade do mangá da Comic YuriHime estar sendo visado pelas editoras brasileiras. Ele é o que não precisamos ter medo, mais cedo ou mais tarde qualquer editora o trará.

3. Milk Morinaga

Da lista principal, é o que tem maior "renome". Apesar de ter sido publicado em uma revista à qual não tem muitos outros mangás conhecidos (Comic High!), Girl Friends é uma lenda do estilo yuri e ainda muito apreciado pelo público. Além disto, temos a vantagem de Milk Morinaga ter mais de um mangá yuri publicado e conhecido. Minha aposta seria vir um combo da sua obra mais conhecida, seguida de um volume único com conteúdo parecido à obra antecessora (Kisses, Sighs, and Cherry-Blossom Pink).
Além disto, futuramente poderiam vir outros trabalhos (como acabou acontecendo nos Estados Unidos) como Gakuen Polizi, The Secret Recipe ou Secret of the Princess (o qual adoro!). Talvez eu esteja colocando a Morinaga na frente por puro amor há suas obras, mas imagino que eles fecharem um contrato para seus mangás seria um tiro certeiro.

4. Sasameki Koto

Sim, aquele mangá yuri que foi lançado em uma revista que não é oficialmente yuri (Comic Alive), mas que contém vários títulos do gênero, como Maria Holic e o atual sucesso AnoKiss (Ano Musume ni Kiss to Shirayuri o / Kiss and White Lily for My Dearest Girl). Mas por que trazer Sasameki Koto em vez de AnoKiss, que está ganhando grande destaque atualmente?

A verdade é que a obra estar finalizada é uma grande vantagem. Não há preocupação de "Será que vai demorar a terminar?", "As pessoas vão enjoar?" ou simplesmente o caso de ser cancelado e ter um final pouco satisfatório. Além disto, temos a enorme vantagem do mangá ter sido adaptado em anime (que pegou mais ou menos uns 3 volumes do original?)

Digo mais: Sasameki Koto é uma obra que tem um bom apelo com o grande público. Ele é uma história de amor onde há muita comédia, o que agrada muita gente. Somente não digo que Sasameki Koto é mais seguro do que trazer Girl Friends por que o segundo tem quase a metade de volumes do outro (5 para 9 volumes), o que pode dificultar o investimento. Mas se não pensarmos nisto, Sasameki Koto é uma obra maravilhosa e com uma das melhores chances com o público otaku geral.

Considerações Finais

Sim, você não me viu falando de obras como Aoi Hana (Sweet Blue Flowers), Yuru Yuri, Love Live, Maria Holic, Miss Sunflower, NTR: Netsuzou Trap, Prism, entre outros. Tudo por que eu não os considero os melhores para uma primeira leva de mangás yuris. Aoi Hana demorou muito para terminar e teve um final desastroso. Yuru Yuri é muito longo, está indo para mais de 15 volumes. Love Live é o fanservice total e lindo, mas não sei o quanto as pessoas gostariam de começar com um quase-bait. Maria Holic é uma ótima comédia, mas será que vingaria com o público yuri? Miss Sunflower é muito bonito, mas não acho que tenha tanto apelo ou seja tão conhecido. NTR: Netsuzou Trap eu acho até uma boa chance, mas ele está muito no começo, assim como obras maravilhosas como AnoKiss e Yagate kimi ni naru. Por fim, Prism, coitado, foi cancelado por plágio, então é automaticamente descartado por nem ter tido uma chance de terminar.

Também não acho que coisas muito clássicas seriam um problema. Trazer os trágicos Oniisama e ou A Rosa de Versalhes seria um risco desnecessário, assim como foi com Utena no passado. Sabemos que o problema de Utena foi mais "embaixo", mas ele veio realmente antes do que deveria. Quase nenhum otaku mainstream o conhecia, e a época era inicial para os mangás no Brasil. Acho que isso foi um problema para os yuris, sem dúvida. Mas agora é hora da revolução yuri no Brasil!

E vamos crer no bom senso da NewPOP Editora!

Mostre sua opinião para a equipe do Kono-ai-Setsu a partir de nossas redes sociais, ou nos comentários abaixo. E não se esqueça de nos dar uma mãozinha na divulgação, se achar nossas postagens interessantes, ok? (^.~)

Até logo! o/

Entre em contato por:

[Quadrinho] Entre Lírios - Capítulos 1, 2 e 3

Olá a todos!

Após a sua publicação completa na Revista NUPO, eis que chegou o momento de Entre Lírios figurar aqui no Kono-ai-Setsu. Já falamos desse projeto em dois artigos, ano passado (O famigerado "mangá do KaS": Entre Lírios e a Revista NUPO) e (Curiosidades sobre Entre Lírios)

A minissérie composta de três capítulos, narrando as desventuras do descobrimento de sentimentos de Shizuka e Kaori, duas amigas que tem o gosto em comum pelos mangás e animes shoujo-ai e yuri.

Se ainda não leram, chegou a hora!

Entre Lírios 1, 2 e 3, por LKMazaki


Leiam o material e deixem seus comentários aqui no blog, ou por e-mail, para mim (lilian.mazaki@gmail.com) ou para o KaS (konoaisetsu@gmail.com).
 
Até a próxima!
quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016
Posted by Lilian Kate Mazaki

Cuidado com o Ship Bait! [Parte 03] - Qual casal eu escolho?!

Pois é, como se toda a postagem que eu surto por um ship não bastasse, estou trazendo novamente a série de publicações dissertando sobre o tema de algum modo (ir)relevante. Para os atrasados ou novos leitores, já fiz duas postagem no Kono - ai - Setsu sobre o tema. A primeira, falando de ship bait, aquele que você torce, mas que na verdade era só uma isca para você ver a série. Outra falando sobre canon ship (de forma bem ampla), querendo mostrar mais aquelas séries que você jura que não é nada, mas que no final você vê que as duas personagens tem sim sentimentos românticos e mútuo.

Ainda está perdido? Então leia a postagem que fiz para o parceiro NETOIN!, onde explico vários conceitos de ship. Resumindo, ship (ou shipping) é quando você torce para dois personagens de uma série (ou qualquer outro tipo de ficção) virarem um casal. No caso do KaS, o que nós fazemos é ship yuri/girls love, ou seja, torcendo para duas personagens femininas terminarem juntas a série, ou terem um momento juntas (sabe como é essas séries lésbicas...).

Então, se você está afim de entrar nesse 'barco', vem com a Se-chan que sou a capitã mais experiente que irá achar!

Aviso, nessa postagem haverá spoilers, pois não dá pra dar exemplos só com "Ah, essa cena é legal, mas não dá certo por algo que não posso falar por que vai estragar a série". Seria mancada né?

Qual casal eu escolho?!
(ou 'postagem sobre OTPs')

Mas com tudo o que eu disse no início da postagem, você deve estar se perguntando "Que diabos é esse título?!", não é? Pois então, se antes eu falei de "casais falsos" e "casais verdadeiros que são discretos ou que não acreditamos ao início", dessa vez irei falar nessa aulinha sobre OTP, ou One True Pairing (Meu Par Perfeito, adaptando para melhor entendimento). Ou seja, irei falar sobre aquelas séries que até tem mais de uma possibilidade de ship e que você tem que escolher de "qual lado está" (até por que as vezes os ships são contraditórios).

Não está entendo? Talvez seja melhor eu mostrar alguns exemplos, não é?

1º Exemplo:

The Legend of Korra. Pode parecer estranho, já que no final da série de LOK há uma bela de uma exibição homoafetiva, não? Mas sim, tem gente que ficou braba por que seu OTP não ficou junto. Estou falando daquele pessoal que gostaria que Mako e Korra voltassem e ficassem juntos ao final da série. Pois bem, depois do autor da série dizer com todas as palavras que Korra e Asami são sim um casal e que não ficaram juntas só pela pressão dos fãs shippers malucos e lindos que invadiram o Tumblr com milhões de ilustrações, pois ele se chama de "o primeiro shipper KorrAsami".
Sim, apesar de Korra e Asami ficarem juntas ao final da série, no decorrer da mesma houve algumas possibilidades de ships diferentes, como Mako e Korra, Mako e Asami, Korra e Asami, Bolin e Korra, Mako e Bolin (WTF gente?! São irmãos!), Mako e Príncipe Wu, entre outros. Quase todos estes casais houve um envolvimento amoroso ou insinuações, como Bolin e Korra por um episódio apenas. Tudo o que você poderia fazer, após as duas primeiras temporadas, após Korra finalmente ficar sozinha (sem Mako) era shippar ela com quem você preferisse, ou sonhar com ela ficar sozinha na vida (o que eu acharia realmente triste..).

E uma coisa que eu quero explicar aqui que o seu OTP não tem nada haver com o alheio, ou seja, é uma opção pessoal, que não deve intervir na alheia. Ou seja, se Korra e Asami terminaram sozinhas, e mesmo assim você desejava que Mako ficasse com Korra, você pode sim delirar e imaginar eles no futuro pós série terminando juntos, mas não pode invadir o espaço dos fãs das protagonistas bissexuais e dizer que a série terminou com um erro, entende? Ao mesmo tempo, você, fã de KorrAsami, não precisa jogar na cara do pessoal que gosta do Mako que ele nunca terá Korra, por que você não sabe o que pode acontecer depois da série.
Vamos colocar aqui o meu caso: Eu, gay como adoro ser e imaginar outras personagens sendo, vi a primeira temporada de LOK e fiquei "Ok, elas são lindas, maravilhosas, mas só sabem brigar pelo Mako. Não tem como dar certo. Não consigo shippar...". Já na segunda temporada, com toda aquela enrolação com a relação das duas com o Mako e elas interagindo mais, achei legal, super de boa, mas ainda não conseguia enxergar que aquilo poderia resultar em algo. AÍ MEUS AMIGOS, chegou o terceiro livro, e eu morri. Vi todo aquele conteúdo, subtexto, interação, envolvimento, e morri. Fiquei "OW GODOKA, POR QUE A NICKELODEON NÃO AUTORIZA ELAS A FICAREM JUNTAS?! ELAS SÃO TÃO MARAVILHOSAS!". E jurei que elas não ficariam juntas por culpa da faixa etária que assiste o canal. Porém, a série foi colocada para a grade online do canal e surgiu a quarta e final temporada, com aquele final lindo, onde todo mundo que torcia por Korra e Asami ficarem juntas teve quase um infarto. Surtos a parte, ele foi um ótimo exemplo de "Não julgue o ship alheio", não acham?

2º Exemplo:
Love Live. Alguém devia me salvar dessa perdição. Sério, são 9 alunas que estão na mesmo grupo de school idols, com mais outro grupo de mais 3 personagens, onde todo mundo pode shippar quem quiser. É insano.

Ok, há casais que acho realmente estranhos? Sim, como Nozomi e Hanayo, ou Eli e Umi, ou Maki e Honoka. Mas não posso falar nada, pois quando começa a se enxergar os pontos na história e você acha as meninas lindas juntas, não tem mais salvação. A interação entre as garotas é maravilhosa e todo mundo torce por algum casal, ou cria toda uma rede gay no grupo (o qual é o meu caso).

Vou só mostrar aqui a minha visão da coisa: Eu, desde o início, vi Nozomi e Eli como um casal oficial, mesmo antes delas entrarem para o μ's. Elas são muito próximas, e a cena de como Nozomi e Eli viraram amigas mais parece uma confissão amorosa do que qualquer outra coisa. Nico e Maki, o que dizer do casal duplamente tsundere da série? Elas podem parecer um pouco mais difícil de ver, mas Maki chamar apenas Nico por "-chan", elas andarem cada vez mais juntas, a cena delas decidindo terminar o μ's depois de as garotas se formarem, como Maki impede a Nico de atacar a Honoka no início da segunda temporada e como Maki começa a fazer a mãozinha de "Nico Nico Ni" nas imagens promocionais, nossa, é demais para o meu coração.

Versão ao vivo da música Love Wing Bell, há qual citei o episódio no texto.
Por outro lado, temos as mais simples. Rin e Hanayo é um tanto fácil de shippar, e se você me disser que aquele episódio da Rin se vestindo de noiva e a Hanayo ao lado dela de smoking não é nada, vai me deixar um tanto frustrada (XD). Por último, vem o grupo que sempre me deixa sem saber o que shippar. Umi, Kotori e Honoka. Elas são um threesome? Ou Kotori e Umi são um casal e eu shippo Honoka com a Tsubasa do A-Rise? Bom, a última opção tem sido o meu padrão atual, mas tenho que admiti que por algum tempo o casal triplo era o meu "head canon".

Esse realmente é um caso complexo, onde por mais maluco que seja o seu casal escolhido, ele pode muito bem fazer sentido. Até hoje não sei qual dos casais é meu verdadeiro OTP, se a fofura e sinceridade de Nozomi e Eli (procurem a tradução da letra da música que elas fazem dueto: Garasu no Hanazono) ou a confusão e frescor amoroso de Nico e Maki.




E você? Tem um OTP favorito? Já ficou nessa confusão de escolhas em Love Live ou em alguma outra série?

Mostre sua opinião para a equipe do Kono-ai-Setsu a partir de nossas redes sociais, ou nos comentários abaixo. E não se esqueça de nos dar uma mãozinha na divulgação, se achar nossas postagens interessantes, ok? (^.~)

Até logo! o/

Entre em contato por:

Translate to your language:

Seguidores

Parceiros

Parceiros | Yuri

Kiyoteru Fansub
Gokigenyou
Moonlight Flowers
S2 Yuri
Yuri Licious
Yuri Private
Yuri Zone

Parceiros | Blogs e Sites

Anikenkai
Chuva de Nanquim
Elfen Lied Brasil
Gyabbo!
Jwave
MangaBa
Mithril
Mundo Mazaki
nbm² - Nobumami
Netoin!
Shoujismo
Você Sabia Anime?

Arquivo do Blog

Popular Post

- Copyright © | Kono - Ai - Setsu | - fonte para yuri, shoujo-ai e girls love desde 2007 -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -