Archive for 01/08/11 - 01/09/11

Yuri Week Gallery #16

Olá pessoal!
Como estão? Eu estou bem, e por isso trago uma postagem fofinha para vocês (quando as minhas postagens não tem nada fofo? xD). Hoje vou apresentá-los algumas imagens fofas, SDs, moes e tudo o quanto for bonitinho para vocês!
Então, vamos lá?
 Primeiro meu casal tradicional, Kono-Setsu (Negima!)
Eu amo elas juntas, e essa imagem é tão fofinha que não dava pra ficar de fora!
Outro de meus casais fofinhos preferidos, Sumi-chan e Kazama são muito lerdinhas,
mas eu sei que todos amam tanto quanto eu (XD).
Quando eu vi essa tirinha, eu tinha certeza de que deveria colocá-la no YWG,
e não deu outra, agora podemos rir juntos dela (XD).
E não poderia terminar com algo mais engraçado que uma cena inesperada em Yuru Yuri.
Chinatsu realmente me surpreendeu beijando a Akari. Mas como sempre, YrYr tem seu "charme" adorável, "fofo" e maniacamente engraçado (xD).

Que tal a postagem? Fofa demais? Estranha? Diferente? Comum demais?
Comentem para que eu melhore, por que daqui a pouco vou acabar sem idéias do que postar nessa seção (isso é sério! XD)
Até logo! o/
quarta-feira, 31 de agosto de 2011
Posted by Se-chan

Uma conversa sobre Tantric Stripfighter Trina

Olá meninas e meninos! Por pouco eu não passo mais uma semana sem postar aqui e ainda que eu tenha que ter adiado os planos de postagem que eu tinha, sempre há alguma coisa FANTÁSTICA a se comentar sobre o maravilhoso universo Yuri. Estou enganada? Meses atrás, pescoçando (aka, dando uma olhadinha) na banca de jornal, na sessão de mangas, dei de cara com um com duas garotas na capa. Pow minna, minhas anteninhas de vinil ressoaram na hora, eu sinto cheiro de hormônios yuri (EIN? O_o’) de longe!!!

Duas lindas personagens na capa, uma loirinha com arma na mão e uma morena em posição de ataque, me fez ficar curiosa e pegar o mangá para conferir a sinopse. Tinha potencial, mas havia um problema. Aliás, dois problemas: Primeiro, o título, “Tantric Stripfighter Trina”, segundo, a editora Online. É uma editora não muito bem vista nem no meio otaku e nem sequer no meio normalfag.jpg e o pior é que esse receio se justifica só de você bater o olho nos mangas da editora. O papel é aquele estilo jornal que estamos acostumados, mas com uma gramatura bem inferior ao utilizado pela Panini, por exemplo. Como sabiamente disse a Allena, em sua resenha no Jbox em um dos mangás dessa editora, pude comprovar que realmente dá pra ver perfeitamente o que está do outro lado da página e que se bater um vento, o mangá sai voando facilmente. A capa é mole~zinha e a aparência não dá ânimo algum, mas e ai? Há alguns momentos na vida de uma garota em que ela precisa assumir alguns riscos (sentiram o drama?). Encarei o desafio e resolvi levar o mangá pra casa e "tirar a prova".

Nyaaa!!! Abigail já tá caidinha pela Trina. Oinn, ela é PURO AMOR!

Passar vergonha por estar comprando isso já nem passo mais. O problema é andar com isso na rua. Enfiei na bolsa, mas chegando em casa, acadei "dando mole" e meu pai pegou. Foi uma situação tensa, claro, e tive que usar minha lábia e mostrar que era só mais um daqueles mangás "normais" que eu sempre comprava. Convenci ele e decidimos omitir o ocorrido de minha mãe, que tem sua própria visão peculiar sobre o mundo.


Mas e o mangá, valeu a pena ter gastado 10 Dilmas naquilo? Olha, pela qualidade física, de forma alguma, mas pelo conteúdo, com certeza. E há Yuri? Não há Yuri explicito, mas tem Shoujo-ai aos litros. Tantric Stripfighter Trina se foca na saga de Trina Devi em busca de vingança contra a organização governamental, a CROWN, e seus apoiadores, uma organização religiosa chamada COG. Pacifistas. O planeta natal de Trina, Rama, foi completamente dizimado. Trina que perdera sua família, que fora executada barbaramente diante dela, foi a única que conseguiu se salvar ilesa e agora, anos depois, busca se vingar daqueles que causaram a extinção do seu povo.

Pobre Abigail

A história é uma ficção cientifica, regada com toques apocalípticos. Apesar do título sugestivo e da – dispensável – tag de “impróprio para menos de 18 anos”, não há nada de apelativo ou muito explicito. A trama da história se passa num futuro distante, onde viagens espaciais de um planeta ao outro, eram praticas bem comuns e com isso, diversos planetas são colonizados, por exemplo, por um único governante. Um desses planetas foi Rama, onde seus habilitantes eram adeptos do tantrismo (Tantra ou yoga tântrico), uma filosofia/doutrina criada na Índia no século VII, onde os adeptos reúnem um conjunto de práticas que preparam o corpo e a mente para aumentar seu conhecimento sobre si mesmo e tudo que o cerca.

Essas semes, muito atiradas ¬¬ HUEUHEHUEHUE - Olhe a carinha da Abigail... imóvel né, LOL

É uma arte bem sensual e daí vêm todas as nuances eróticas contidas no manga. Os habitantes de Rama fazem uma fusão entre artes marciais e a sensualidade do tantrismo e Trina, agora uma guerreira tantrica, faz uso de toda sua sensualidade e as técnicas de batalhas para alcançar seu objetivo. Ela se veste como um stripper e se trata de um excelente disfarce, onde ela acaba passando “despercebida”, como uma inofensiva garota da vida. E isso é bem legal viu, elas faz umas expressões perfeitas, bem sensuais mesmo e sem cair na vulgaridade. Quando se arma para a luta,fica quase despida (@_@), mas os detalhes são omitidos, seja com uma estrelinha nos seios ou retalhos de panos.


E a história começa bem assim, com Trina trabalhando em seu “bico”, indo atrás de um bandido com a cabeça á premio, Salvo. Ela tem como companheiro, um robô chamado Bonds, que lhe passa os dados de bandidos procurados e toda informação disponível no sistema, que possa lhe ser útil nas caçadas. Nessa primeira parada, para conseguir capturar o Salvo, Trina precisa encarar várias mulheres. Ela derruba todas, seja no punho ou as deixando loucas de tesão (LÒÓL). Calma ai, Trina possui várias habilidades, assim como variadas artes marciais a sua disposição. Uma dessas, é a possibilidade que ela tem de estimular todos os centros de prazer no corpo do adversário, com um simples toque, por exemplo, no rosto.


E é aqui, já nas primeiríssimas páginas que fui recompensada, onde Abbey, ou melhor, Abigail Chromantsky,uma habilidosa caçadora de recompensas, que possui partes cibernéticas no corpo, é abatida juntamente com as outras, por Trine. Abigail se molhou toda, se é que vocês me entendem, daí ficou gamadona em Trina, não descansou até conseguir reencontra-la novamente e de tanto insistir, se tornou sua parceira. Esse foco no “relacionamento”das duas, meio que fica em segundo plano, mas é muito lindo vê-las juntinhas e a Abigail é tão discaradinha, tão fofa e malandra. As duas funcionam muito bem juntas e cada qual, com sua habilidade combativa.

Claro que a Trina, né? NEAH? LOL

A história principal se desenvolve de uma forma bem dinâmica, onde os autores capricharam nas cenas de ação bem detalhadas, com muita pancadaria entre garotas, lutas envolventes e tiros para tudo que é lado. Fora o brilhante trabalho feito em cima da intolerância religiosa. O fator motivacional das moçinhas é bem claro e convincente, enquanto uma deseja ficar frente a frente com mandante da execução do seu povo, a outra quer apenas ficar ao lado da garota que lhe gerou imensa curiosidade. Curiosidade que a fez despertar para um novo sentimento... WOOOOOOOOW!


Bom, eu falei que Tantric Stripfighter Trina era um manga, mas foi só questão de costume, na verdade se trata de um OEL (HQ’s que seguem o “estilo” mangá e são publicados originalmente nos EUA - A leitura é segue o padrão ocidental), publicado originalmente na editora TOKYOPOP, que encerrou suas atividades nos EUA. Tantric Stripfighter Trina termina com um aviso de “continua”, o que é uma pena, pois acaba deixando algumas questões em aberto. Na verdade, eu sinto mesmo é por não ver no que vai dar o lance da Abigail e a Trina. Com a excelente arte do argentino Fernando Furukawa e roteiro de Ken Faggio, Tantric Stripfighter Trina não foi uma perda de tempo. Valeu ter comprado e conhecido a irônica, divertida e legal Abigail, juntamente com sua parceira, a sensual e séria, Trina. De brinde, uma história bacana. 


*E ao menos ele é bem resistente, abrir o mangá inteirinho na escaneadora e continua perfeito.*



Editora: Online
192 paginas
Preço: R$ 9,99
Formato: fmt - p&b


domingo, 28 de agosto de 2011
Posted by Roberta Caroline

Shoujo-ai Drops #05

Olá pessoal!
Hoje temos um novo Shoujo-ai Drops para alegrar a noite! (\o/)
Que tal se existisse um paraíso yuri? Seria no mínimo interessante, não é?
Então dê uma olhadinha na tirinha de hoje, com roteiro da @LKMazaki e minha arte.
Tomara que gostem! (\o/)
Bom, espero que tenham gostado!
Abraços e até logo! o/

Yuri Week Gallery #15

Olá pessoal!
Hoje eu dei uma olhadinha em umas imagens shoujo ai no Tumblr e resolvi colocar aqui umas bem limpas, com fundinho branco e fofinhas.
Vamos dar uma olhada?


 Eu achei legal que eu achei várias imagens com tags que indicavam que as imagens eram originais, e não fanarts de animes/mangás.
Adorei essa! É uma dessas originais.
Outra imagem original (pelo que vi).
Tadinha dessa menininha nessa imagem. Muito fofinha e bem feita, não acham? (*o*)
 Cadê os fãs de Nanoha aqui?! Shippando demais? (Não sei, não vi a série XD)
Mas achei muito fofinha a imagem.
Essas briguentas de Yuru Yuri são ótimas. Muito fofinhas juntas, vocês não acham?
No primeiro episódio (foi no primeiro?!) elas já me compraram com aquela história de biscoitos
(Gosto facilmente de casais........ XD)
Por último, essa imagem original tá parecendo mais a Chikane (Kannazuki no Miko) com a Ohana (Hanasaku Iroha)........ (XD)

Bom, sei que foi simplezinho, mas achei essas imagens tão fofas que não resisti (*o*)
Espero que tenham gostado, por isso, comentem!
Thanks para a nova leitora Louie, com seu comentário fofo na última postagem!
Até logo! o/
quarta-feira, 24 de agosto de 2011
Posted by Se-chan

Yuri Week Gallery #14

Hello gente!
Como a Beta (@beta_blood) mandou bem na postagem sobre shippers, diferente de mim (XD), resolvi colocar aqui umas imagens de casais que o pessoal adora shippar, ou algo assim (XD).


Então, sem mais delongas, Go go shippagem!
Começando com um quase clássico (pelo menos para mim).
Kagami (D) e Konata é aquele casal que é shippado quase de forma justa.
Aquelas piadas descaradamente yuris vão ficar para sempre em meu kokoro (*o*).
Não podemos dizer que Yukino (E) e Kanade é um casal Canon (original),
afinal, pra mim a maldade em elas dormirem juntas está nos nossos olhos.
(Na verdade, não acho muito isso, seria muita inocência XD)
Utena e Anthy, shippagem (?!).
Auto-Shippagem dentro de Yuru Yuri.
Me sinto feliz por ver YrYr por isso. Bom demais!! (xD)
Mas o que podemos dizer é que, mesmo no mangá...
...ou no anime...
...a Tomoyo foi uma das primeiras personagens que nos fez shippar (provavelmente).
Então vamos ficar felizes. Podemos shippá-la com a Sakura...
E quem quiser, com a Mei Lin também!
Por isso todos amamos a Tomoyo-chan! (*o*)

E ai? Gostaram?
Espero que comentem.
Por último, eu gostaria de uma ajudinha, pode ser?
Achei enquanto procurava imagens para essa postagem uma imagem que adorei, mas não sei a que série se refere. Então, quem souber, fale aqui. Por favor! (imagem abaixo \o/)
Até logo! o/

Shippers e a incrível arte de incomodar os outros



Olá a todos! Há quanto tempo não apareço por aqui, né? Hoje eu resolvi botar em prática algumas de minhas idéias, começando pela incrível arte de shippar e enxergar mamilos aonde não tem. Falo dos odiáveis e repunantes, shippers. Essa gente chata e pentelha que fica formando casais com meus personagens favoritos. Argh! Eu tenho asco dessa gentinha e fique VOCÊ sabendo, que é extremamente abominável esse ato de ficar formando casais que não existem a não ser na sua imaginação fértil e doentia. A tia Brit abomina e reprova tal ato.


Hehehe, é claaaaro que eu estou sendo irônica, pois sou uma shipper (moderada, preciso enfatizar) e não há nada mais "lecal" do que ver meus casais preferidos se dando bem ou se não são uma casal declarado/explicito/canon, ficar imaginando que a cada gesto, cada olhar, pode significar muito mais do que se aparenta. Aliás, o fandom yuri já tem esse incrível don de enxergar nas entrelinhas, mas claro, sempre acontece de ter aquela viajada legal na maionese. Mas o que é ser shipper? Ser shipper é admirar relacionamentos entre personagens fictícios, seja um relacionamento romântico ou não, seja um casal de personagens ou não.

Sailor Mars e Salor Venus - no mangá há insinuações
A maioria dos shippers são do sexo feminino, o que talvez leve alguns a relacionar as fangirls com shippers, mas há as suas diferenças. Enquanto com fanboys e fangirls a tietagem e sacanagem rola solta em cima de determinado elemento/personagem da trama, os shippers já se interessam pela série em geral, mesmo que idealizando uma relação. Mas toda regra tem lá sua exceção, não é mesmo!?

Acho que entre todos os vícios, hábitos e obsessões do fandom, os shippers são os mais persistentes naquela idéia fixa. Martelam ou SURTAM ENLOUQUECIDAMENTE com qualquer sinalzinho amarelo. Obviamente, isso pode incomodar alguns, mas acaba sendo inevitável por vir de uma idealização do romance e junte se isso ao apelo que determinado personagem provoca em você, que curte um "atoron perigon". Os autores também têm sua parcela de culpa, por provocarem e muitas vezes deixarem uma brecha para a interpretação alheia, com casais em potencial que não necessariamente terão algum vinculo afetivo, envolvendo romance. E isso nos leva novamente ao Yuri, Shoujo-Ai e ao “Class S”.

Mas claro, não vou adentrar nesse tema (por enquanto). Ao menos para mim, o mais trágico – e ao mesmo tempo divertido – é quando um personagem que eu gostaria que formasse um casal com outro determinado personagem, não tem a menor chance, a mínima possibilidade de ser Canon (em outras palavras, se tornar um casal oficial). A coisa se torna ainda mais dramática e doentia quando o amor que seu personagem nutre, é platônico. Digo doentio, porque você vai começar a imaginar insanamente diversas situações que não irão acontecer e nutrir esperanças que VOCÊ sabe que não irão se realizar.

A relação entre a Tomoyo e a Sakura de CCS é somente a ponta do iceberg que é esse jogo de ocultar sentimentos na trama e o ato de shippar. Para os mais grandinhos e com capacidade de discernimento, o sentimento que Tomoyo nutre por Sakura é obvio, apesar de platônico (se bem que há alguns que preferem não enxergar). Para uma criança, a coisa já toca em um ritmo diferente e entender essa ambiguidade é complicado e sinceramente pouco importa, né. Mas para os shippers, é PURO AMOR. Eu ainda nem era uma otaka quando comecei a assistir Sakura Card Captors e menos ainda me imaginaria aqui, fan da temática Yuri. Mas mesmo sem saber ao certo, eu já torcia intimamente pela Tomoyo, achava muito lindinho as duas juntas, todo o carinho que ela tinha para com Sakura. Toda vez que Sakura correspondia ingenuamente com um sorriso ou afago, o aroma de flores inundava e impregnava todo o ambiente e eu ficava iguais aquelas personagens de shoujo, só e em um quadro de única cor com tudo brilhando em volta.


Era inevitável sentir uma peninha da personagem. Mas e quando não rola e aparentemente não há nenhum indicio de amor, que possa unir um personagem ao outro? Esse é o caso da amizade da Rei e de Serena, em Sailor Moon. Realmente não há nada que se possa afirmar concretamente, mas há aqueles que como eu, conseguem farejar longe qualquer possibilidade. Se o autor não nos oferece nenhum indicio, as Fanfics e Doujins são a forma mais fácil de transformar um desejo em realidade. Se personagens podem ser estupradas e terem suas personalidades alteradas em prol do fap fap, não vejo problema algum que fãs idealizem um romance entre dois personagens, por mais inverossímil que seja. E convenhamos que o SasuNaru é propagado principalmente pelos garotos, NÉ? 


domingo, 14 de agosto de 2011
Posted by Roberta Caroline

KaS Illustration #14

Olá pessoal!
Como semana passada postei uma tirinha do Shoujo-ai Drops, essa semana ganho um pequeno descanso (que nada, eu fiz tirinha pro meu outro blog - Otame). Então para praticar para futuras tirinhas, fiz um SD da Kazama e da Sumi-chan (Sasameki Koto).
Então vamos logo ver a imagem?
Ficou direitinho? Ficou ruim? Reclamem! Elogiem! Mas comentem, por favor!
Bom resto de semana (e fim de semana) para vocês.
Até logo! o/
quinta-feira, 11 de agosto de 2011
Posted by Se-chan

Yuri Week Gallery #13

Hello gente!
Hoje o YWG vai dar uma mudadinha, por que não estou afim de olhar imagens... (sincera xDD)
A mídia será diferente, mas a idéia a mesma de sempre, trazer um pouquinho de coisinhas shoujo-ais para a terça-feira a noite de todos nós fique um pouco mais divertida. (\o/)


Bom, então, nessa postagem teremos AMVs e cenas de animes/dorama! (\o/)
Eu tive que colocar esse vídeo aqui! Sério! Quando comecei a ver, escutei essa música, ri tanto. Não sabe por que? Simplesmente por que lembrei da Sandy cantando. Sou velha, eu sei.... (XP)
Mas tirando isso eu achei simpatico o AMV, teve alguns animes (Kannazuki no miko, Shoujo Sect e Yami to Boushi no Hon no Tabibito), eu posso rir da música, mas ela é bonitinha, o que deixou até um AMV com Shoujo Sect fofo (XD).
Esse eu escolhi de novo por causa da música, mas diferente da outra eu escolhi por que é uma música muito boa, ADORO essa música, além que fazia tempo que não colocava nada de Strawberry Panic aqui.
Eu gostei do AMV, é bem leve, mostra os principais momentos da Shizuka e da Nagisa.
Eu gostei desse AMV pelo ritmo, gosto de músicas mais agitadas, ou dançantes para AMVs shoujo-ai. Além do mais, a montagem dele está muito boa! (\o/)
Por último, cenas do dorama de Negima!, obviamente do casal Kono-Setsu. Ele me surpreendeu muito por que teve beijo. Eu nunca esperaria isso de um dorama de Negima!. (inocente xD) O AMV é curtinho, mas vale a pena dar uma olhadinha!


Bom, é isso nessa semana.
Comentem e
Até logo! o/

Shoujo-ai Drops #04

Olá pessoal!
Hoje é um belo dia não é? Afinal, estamos voltando com o nossos quadrinhos do Shoujo-ai Drops! (\o/)


Pois é, hoje não teremos nenhuma ilustração, mas uma pequena, fofa e engraçada piadinha com algumas personagens yuris (ou não... XD). Temos Chikane (Kannazuki no Miko), Utena (Shoujo Kakumei Utena) e Homura (Puella Magi Madoka Magica), e como o título da tirinha diz, mostramos uma pequena semelhança entre as três personagens. Não entendeu? Leia. (=D)


Então, espero que gostem e deixo vocês com mas esse trabalhinho meu e da Mazaki. (^ ^)
Até logo! o/

Cadê o meu mangá?!

Olá gente.
Desculpem se na semana passada não houveram postagens no meio da semana, eu (@SechanKV) estava de férias em Porto Alegre e não pude postar nada. Perguntem para a Mazaki (@LKMazaki) ou para a Beta (@beta_blood) por que elas não postaram se avisei se eu não poderia (=P).

Mas como puderam notar pelo título, hoje não haverá um Yuri Week Gallery. Por que? Por que estou deprimida (=.=). Na verdade, tudo tem uma boa explicação. Tudo começou quando consegui dinheiro para comprar algum mangá depois de muito tempo. Estava planejando comprar o mangá de K-ON! número 1 quando chegasse aqui na cidade. Estava indo todos os dias na banca de revista para ver quando chegava, mas vai demorar um bocado ainda pra chegar. Enquanto isso, sempre olhava uns mangás que haviam na banca, mas nenhum nunca me interessou.

Fui para Porto Alegre semana passada, fui em milhares de shoppings e não havia K-ON!. Porém, em um instante, olhei em uma das livraria e havia 2 volumes diferentes de Negima! (Por que as séries que eu gosto tem um "!" no título? XD), volumes 54 e 56. (finalmente chegando no por que da postagem ^^') Sabem qual foi meu pensamento? 

"Cadê o volume 55?"

Sabem, este blog, para quem não acompanha ele há muito tempo, ou é meio lerdo pra entender o título, foi criado por meu amor incondicional ao casal Konoka e Setsuna de Negima!. São quatro anos de muito amor expressor neste local. E o que tem demais tudo isto?
O volume 55 nacional de Negima! é o que contém o capítulo 252 da série, onde se dá o capítulo mais feliz de minha vida otaku e que está o segundo beijo shoujo-ai no Brasil (veja o único além desde em [spoiler] Utena, volume 7 brasileiro). Sim, um beijo yuri no Brasil, em Negima!. Um beijo Kono-Setsu e....... e.......................

EU NÃO TENHO ESTE VOLUME!!!
Sim, caros leitores, EU não tenho o volume 55 de Negima!, que contém o PACTIO Kono-Setsu. O PACTIO KONO-SETSU!!!

Desculpem-me, mas desde aquele dia, fui em todos os lugares possíveis e não achei o volume. Não posso nem comprar online por que não tenho dinheiro o bastante pro frete (pobre =.=). E agora gente? O que eu poderia fazer? Tive que vir ao meu querido blog feito em seu crepúsculo para simplesmente escrever fanfics para elas, ou mostrar meus fanarts feios para outros viciados.

Pois é, a viciada aqui, quem diria, ainda não conseguiu comprar seu mangá mais esperado que chegou ao Brasil já faz alguns meses. Mas espero que logo eu consiga ter dinheiro para comprar online o mangá. E podem ter certeza que virei ao blog mostrar minha cara feliz ao lado de meu mangá amado quando o ter em mãos.

Bom, este foi meu desabafo patético.
Me desculpem se fui chata (XD)
Mas pensem no lado bom! Se eu não comprei ainda, é por que todos estavam tão loucos pra ver o beijo que compraram loucamente nas bancas! Afinal, vi milhões de edições 54 e 56, mas nenhuma 55. Que bom que há tantos viciados (XD). Acho que isso me serve levemente de consolo (talvez..... =.=). Então, gracias editora JBC, única que trouxe beijos yuris até o momento no mercado brasileiro (HOHOHO por isso que eu não xingo ela, diferente de vocês ^.~).
Cara, eu quero MUITO esse capítulo nas minhas mãos!! (XD)
Não se esqueçam de assinar a petição por mangás yuris no Brasil!
Beijos gente e..
Até logo! o/
quarta-feira, 3 de agosto de 2011
Posted by Se-chan

[PETIÇÃO YURI] Quem quer Yuri nas bancas do Brasil?


É interessante ver como o nicho de mangás vem ganhando força no Brasil e com isso, lançamentos impensáveis a até pouco tempo atrás se tornaram realidade, como por exemplo o lançamento de Light Novels (livros com ilustrações). Verdade que vieram pelo apelo comercial que o determinado titulo possui, mas já é alguma coisa. Temos os mangás 4-koma, que por meio da NewPOP, ganhou 2 representantes de peso. Um pendendo para o lado BL (Boys Love) e com foco no fiel fandom formado principalmente pelas fujoshis, Hetália . O outro, foi lançado recentemente e por mais que alguns se recusam a enxergar, tem espírito GL (Girls Love) e mais um amontoado fanservice que atrai bastante o publico masculino. K-on! tem um fandom bem sólido por aqui, formado por sua maioria de homens e uma pequena parcela do fandom yuri. Mas sem dúvidas, o melhor investimento em termos de expansão, foi Blood Honey, que é o primeiro Yaoi explicito a aparecer por essas bancas.

O fandom Yaoi é forte, mas é um nicho dentro do nicho e foi uma atitude corajosa da NewPOP e alguém precisava dar mesmo o primeiro passo. Para as portas se manterem abertas, só depende do publico em foco. Afinal de contas, editoras não casas de caridade e como qualquer outra empresa, visam unicamente o lucro. Se o produto vende e gera um retorno satisfatório, acontecerá o inevitável efeito domino que pode ser lento, mas eficaz. O papel da editora é pesquisar se tal produto vale ou não á pena o risco. O papel do fã é ir atrás e pedir. Como naquele velho ditado, “quem não chora não mama”. E é com base nisso, que um pequeno grupo de "adoradores" do Yuri botou as mãos na massa e resolveu arriscar. Arriscar? Sim. Não sei o quão grande pode ser o fandom yuri, mas eu sei que ele é quieto, conformado e infelizmente, dividido em grupos. Ou assim eu pensava, afinal, apesar dos obstáculos a iniciativa de uma petição de mangá Yuri aqui no Brasil tem se mostrado até certo ponto, bem satisfatória. Isso levando em conta que a divulgação foi mínima, muuuuuito mínima.


 To: Editoras de Mangás do Brasil
Endereçado ás editoras e demais interessados:

(...) Pedimos a todos os interessados, que assinem a petição que envolve nosso desejo de podermos ver o lançamento de um título Yuri em nossas bancas e as editoras, que olhem com carinho para este gênero que pode vir a ser tão bem explorado de uma forma comercial. Para quem acreditou que o Shoujo pudesse vingar por aqui, agora colhe bons frutos, então deêm uma oportunidade ao Yuri de poder mostrar que também pode vir a ser um gênero em ascensão por aqui.



Existe uma quantidade incrível de mangás yuris que tem um apelo comercial bem forte, entre eles; Kanazuki no Miko e Strawberry Panic!. E são títulos que tem um apelo para o publico masculino, que é um importante peso na balança. Mas a petição não se trata necessariamente de pedidos isolados, mas sim, apenas sua assinatura para que sirva como uma boa estimativa para as editoras, já que seria mais seguro um lançamento one-shote ou poucos volumes. Como já comentei, pode não dar em nada, mas um passo a frente sempre é uma importante arma contra a passividade. E que venham mais investidas por parte de vocês. Reverter os lucros para a artista que te emocionou com aquele belíssimo mangá, é algo bem justo, não acham? 
segunda-feira, 1 de agosto de 2011
Posted by Roberta Caroline
Tag :

Translate to your language:

Seguidores

Parceiros

Parceiros | Yuri

Kiyoteru Fansub
Gokigenyou
Moonlight Flowers
S2 Yuri
Yuri Licious
Yuri Private
Yuri Zone

Parceiros | Blogs e Sites

Anikenkai
Chuva de Nanquim
Elfen Lied Brasil
Gyabbo!
Jwave
MangaBa
Mithril
Mundo Mazaki
nbm² - Nobumami
Netoin!
Shoujismo
Você Sabia Anime?

Arquivo do Blog

Popular Post

- Copyright © | Kono - Ai - Setsu | - fonte para yuri, shoujo-ai e girls love desde 2007 -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -